Ministério Público tenta evitar demissões em massa no HSBC

15/09 /2015 Brasil, Economia, Notícias //

Desde o dia 3 de agosto os funcionários do HSBC temiam as demissões, pois neste dia foi anunciada a venda da parte brasileira do banco para a rede Bradesco. Nesta segunda-feira (14 de setembro) foi divulgada a ação que o Ministério Público do Trabalho no Paraná (MPT-PR) entrou no dia 3 de setembro.

A ação do MPT-PR é contra os dois bancos, HSBC e Bradesco, em uma tentativa para evitar mais demissões em massa, como as do ano passado. Com o objetivo de garantir a manutenção dos diretos aos trabalhadores depois da venda que movimentou cerca de R$ 17 bilhões.

Caso os bancos descumpram as obrigações a multa pedida é de R$ 20 mil por dia e por trabalhador demitido. A procuradora do trabalho, Margaret Matos de Carvalho, foi quem pediu essa multa e ainda o MPT-PR  pede que seja concedida a medida cautelar de bloqueio de R$ 250 milhões da conta da empresa. Fora esses valores ainda se estipula uma multa por dano moral coletivo que equivale a R$ 10 milhões.

 

HSBC0002

 

© Canal Info 2017 - Todos os direitos reservados